O QUE É EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA MOBILIDADE URBANA?

COMO OBTER GANHOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA ATRAVÉS DA GESTÃO DA MOBILIDADE URBANA?

COMO FAZER UMA CONCESSÃO DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS?

O Projeto

O projeto “Eficiência Energética na Mobilidade Urbana” (EEMU), desenvolvido pelo Ministério das Cidades em parceria com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, em nome do Ministério Federal da Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ), da Alemanha, tem como objetivo aprimorar condições institucionais e técnicas no setor de mobilidade urbana no país, de forma a possibilitar o aumento da eficiência energética e, por conseguinte, a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE), através de ações da gestão da mobilidade urbana.

Inspirado nos princípios do desenvolvimento sustentável, conhecido como A-S-I (Avoid – Shift – Improve) traduzido como evitar – mudar – melhorar, o projeto tem como enfoque a mudança modal para modos mais energeticamente eficientes e também a melhora dos sistemas de transporte existentes, deixando-os mais atrativos e sustentáveis. Com esse enfoque, buscam-se cidades mais habitáveis utilizando soluções alternativas de mobilidade que contribuam efetivamente para as reduções de emissões de GEEs, ajudando o Brasil a alcançar as metas estabelecidas no âmbito do Acordo de Paris – NDC, ratificado pelo Brasil em 2016. Nesse sentido, o projeto incide sobre aspectos essenciais da promoção da mobilidade urbana no Brasil, além de contribuir para a efetivação da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei nº 12.587/2012) e possui forte correlação com a Política Nacional sobre a Mudança do Clima (Lei Federal nº 12.187, de 2009).

Para quem são os Cadernos Técnicos?

Os Cadernos Técnicos são voltados principalmente para técnicos e gestores das áreas de transporte e mobilidade urbana das esferas públicas municipal, estadual e federal. Contudo, pelo seu conteúdo acessível e abrangente, servem também para os demais interessados no tema da mobilidade urbana.

Por quê pensar em Eficiência Energética (EE)?

Mais de 60% de todo o petróleo consumido no mundo é direcionado ao setor de transporte, sendo 76% para o modo rodoviário. O uso excessivo e crescente de energia no setor de transporte, sem que se observe um aumento equivalente do momento de transporte (ou atividade de transporte), é um indicador da ineficiência do sistema. Deste modo, há grande relevância em buscar a redução do consumo de energia por meio de medidas de aumento da eficiência energética neste setor.

Isto ocorre especialmente no contexto urbano, uma vez que 15% do total da energia consumida em todo mundo se destina ao transporte urbano de passageiros e de carga. Assim, a eficiência energética na mobilidade urbana está relacionada com um menor consumo de energia, proporcionando o mesmo nível de mobilidade nas cidades, considerando o transporte de passageiros e de carga. Consequentemente, a eficiência energética e o consumo de energia estão relacionados, de modo que o aumento da EE pode levar a redução no consumo de energia.

Caderno Técnico de Referência

Eficiência Energética na Mobilidade Urbana

Este Caderno tem como objetivo aprimorar condições institucionais e técnicas no setor de mobilidade urbana no Brasil que possibilitem o aumento da eficiência energética por meio da aplicação de ações de gestão de mobilidade urbana nos municípios, além de apresentar uma metodologia para a estimativa e monitoramento da eficiência energética na mobilidade urbana.

As ações apresentadas têm como foco a transferência para modos de transporte com maior eficiência energética, a melhoria dos sistemas de transporte existentes e o incentivo ao uso dos transportes ativo e coletivo.

O conteúdo do Caderno está organizado em duas partes principais (A e B).

A Parte A sintetiza os fundamentos e princípios que norteiam o tema da eficiência energética na mobilidade urbana. O objetivo é facilitar a apropriação dos conceitos e contextos apresentados, além de fornecer conjuntos detalhados de ações de gestão de mobilidade urbana que poderão ser adotadas dentro de um programa de melhoria da eficiência energética.

Visando apoiar e orientar o Poder Público, a Parte B reúne uma metodologia para a estimativa e monitoramento da eficiência energética dos transportes no contexto urbano, com base no método MRV (Monitoring, Reporting and Verification).

Acesse também o resumo executivo

Baixar

Estudos

Estudo EEMU 1
Cálculo e monitoramento da eficiência energética da mobilidade urbana

Baixar

Estudo EEMU 2
Avaliação das ações de gestão da mobilidade urbana

Baixar

Estudo EEMU 3 
Aplicação de metodologias nas cidades piloto

Baixar

Caderno Técnico de Referência

Gestão da Mobilidade Urbana no Brasil

Este Caderno tem como objetivo aprimorar condições institucionais e técnicas no setor de mobilidade urbana no Brasil que possibilitem o aumento da eficiência energética por meio da aplicação de ações de gestão de mobilidade urbana nos municípios, além de apresentar uma metodologia para a estimativa e monitoramento da eficiência energética na mobilidade urbana.

As ações apresentadas têm como foco a transferência para modos de transporte com maior eficiência energética, a melhoria dos sistemas de transporte existentes e o incentivo ao uso dos transportes ativo e coletivo.

O conteúdo do caderno está organizado em três capítulos:

Capítulo 1
Discorre sobre o contexto e bases legais para a delegação de serviços públicos e suas modalidades.

Capítulo 2
Aborda o planejamento e elaboração do processo licitatório, percorrendo os diversos passos e processos que o compõe.

Capítulo 3
Enfoca as gestões do sistema e de concessões, com discussões sobre práticas recomendadas para garantir serviços de qualidade à população.

Acesse também o resumo executivo

Baixar

Estudos

Estudo TPC 1
Políticas tarifárias no Brasil

Baixar

Estudo TPC 2
Processo licitatório e das concessões no TPC

Baixar

Estudo TPC 3
Modelos de gestão para integração metropolitana do sistema de TPC

Baixar

Projetos Piloto

Relatório AÇÃO 1
Indicadores para concessões no TPC

Baixar

Relatório AÇÃO 2
Gestão da informação

Baixar

Relatório AÇÃO 3
Integração temporal

Baixar

Relatório AÇÃO 4
Gestão de estacionamento

Baixar

Relatório AÇÃO 5
Otimização da rede

Baixar

Relatório AÇÃO 6
Ruas completas

Baixar

Guia Técnico
Qualificação do Serviço de Ônibus

Baixar